AVC – A importância da transferência de peso para o lado afetado.

Pacientes que sofreram AVC (acidente vascular cerebral) apresentam, geralmente, um lado do corpo afetado. Dependendo do local da lesão, podem apresentar dificuldades motoras em ambos os lados. Porém, o mais comum é apresentar apenas no lado contrário à lesão cerebral. Por exemplo, se eu tive um AVC (ou derrame) no lado esquerdo do cérebro, terei um comprometimento motor (e sensitivo) no lado direito do corpo, e vice versa.
.
.
A TENDÊNCIA DO PACIENTE é utilizar apenas o lado que ficou “normal”, negligenciando totalmente o lado afetado. O que é um erro!! Muitas vezes o Fisioterapeuta incentiva o paciente a utilizar o lado “normal” para auxiliar nos movimentos. Inicialmente pode até parecer natural que isto ocorra, porém, quanto mais incentivarmos o lado “normal” à assumir todas as funções, MENOS o cérebro receberá informações do lado afetado, e com isso, a chance de que este paciente volte a ter alguma função do lado acometido diminui drasticamente.
.
.
Por isso, exercícios de TRANSFERÊNCIA DE PESO para o lado acometido é FUNDAMENTAL para que o paciente perceba que existe um membro presente ali. Que o braço e/ou a perna ainda está ali. Com isso, informações sensoriais são enviadas ao cérebro e novas conexões são formadas. Quanto mais informações sensoriais enviarmos ao cérebro, referente ao lado lesionado, maiores serão as chances de neuroplasticidade positiva, ou seja, maiores serão as chances de o cérebro voltar a perceber aquele lado e, assim, o paciente poderá ter alguma função daquele lado novamente.
.
.
Dayana Coelho
Fisioterapeuta
Crefito 3 114099-F
Telefone: (11) 98583-8289
e-mail: contato@fisioterapeutadc.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *